Você vai ver o que é bom

É bom comer um prato que se goste. É bom dormir, bom fazer amor. É bom um dia ensolarado e seco. É bom sentir-se em forma. É bom telefonema de amigo.

Eu escreveria páginas e páginas citando tudo o que é bom nesta vida, porque  felizmente tem muita coisa ótima do lado de fora dos telejornais. Até  algumas coisas ruins são boas. Só que aí exige-se uma certa reflexão.

É bom sentir angústia? É. A angústia alerta você para suas necessidades. A angústia indica que alguma coisa não está bem e, a partir disso, gera mudança.

Assim também é com o choro. Tem gente que acha bom chorar, eu não gosto.

Fico com o rosto inchado e me sinto vulnerável demais. Mas é justamente por causa desta vulnerabilidade que chorar é bom. Alivia nossa sensação de termos superpoderes, é a exteriorização da nossa fragilidade, a evidência de sermos reles cidadãos comuns.

Sentir ciúmes é bom, desde que sem exagero. Demonstra que temos noção de que nada é eterno, nem mesmo o amor que alguém sente por nós, e que poderemos ser trocados a qualquer minuto. Sentir raiva e ódio dizem que não é legal, mas um pouquinho só, tudo bem. É bom para que a gente aprenda que eles são sentimentos que não servem pra nada, só nos desgastam.

Confusão mental? Acho um problema, mas dizem que é bom. Queremos o quê, o nirvana 24 horas por dia?

É preciso se confundir um pouco: uma hora achar que estamos certos, em outra achar que estamos errados, ficar na dúvida entre dizer sim e não. Num momento achar que estamos precisando de terapia, em outro achar que estamos precisando apenas de uma boa noite de sono. Uma cabeça movimentada.

Tristeza é bom? A princípio, não. Mas se você for poeta, pode render alguns versos comoventes, e se além de poeta você for tagarela, pode faze-lo silenciar um pouco. Sua tristeza talvez não seja boa pra você, mas é para os outros.

Dor-de-dente! Agora quero ver. Pois pode ser bom também. Se você não sentisse dor, seu dente iria apodrecer e precisaria ser arrancado. A dor sinalizou o perigo e salvou seu dente da extinção.

 

Quase tudo é bom quando se olha para o lado certo…

Carpe Diem

Por que devemos sair da zona de conforto?

“De vez em quando é preciso subir num galho perigoso, porque é lá que estão as frutas.” (Will Rogers)

Três boas razões para você sair da zona de conforto:

. A primeira razão é que você será obrigado a sair um dia, por mais que resista. Ninguém passa a vida inteira sem encontrar dificuldades. A incerteza é um fato da vida, a única coisa da qual podemos ter certeza.

Não se entregue a precipitações óbvias ou riscos derrotistas, mas permita-se correr riscos positivos em busca do crescimento e progresso. Não se pode simplesmente optar por uma vida calma, sem nenhuma turbulência. Algum dia em algum lugar, algo o fará passar por um teste para o qual não estará preparado e que gostaria não ter de enfrentar.

Corra riscos. Não espere sempre por uma garantia. Você não tem de ouvir: “- Eu não disse?”. Depois de um erro, sacuda o pó e caminhe para o sucesso.

. A segunda razão é que, como seres humanos, devemos procurar maneiras de nos refinar e melhorar. Temos, dentro de nós, a capacidade e o desejo poderoso de melhorar nosso protótipo. E só é possível fazer isso se esforçando e se testando.

Experimente. Tente algo novo. Dê mais um passo. (…) Permita-se provar coisas novas. Deixe-se tentar por algo novo. Você poderá cometer erros, mas a partir desses erros você conhecerá quais são seus valores.

(…)

. A terceira razão pelo qual você deve sair da sua zona de conforto é simplesmente que sua vida se tornará muito mais interessante. Sei que você não quer uma vida monótona ou previsível.

Quem leva uma vida segura e previsível nunca saberá que pessoa extraordinária realmente é. Torne desafiadoras as circunstâncias de sua vida para que sua grandeza possa subir à superfície.

Aventure-se!

Carpe Diem

Acerte o alvo

Há pessoas que parecem estar sempre perdidas num nevoeiro de confusão. Vão para um lado, depois para o outro. Tentam uma coisa, então mudam para outra. Andam por um caminho e, de repente, voltam em direção contrária. O problema delas é simples: não sabem o que querem. Você não pode atingir um alvo se não souber qual é. O que é preciso fazer é sonhar… Acomode-se num lugar onde se sinta confortável e planeje passar uma hora aprendendo o que espera ser, fazer, compartilhar, ver e criar. Essa poderá ser a hora de decidir metas e determinar efeitos. Nesse período você fará um mapa das estradas que quer percorrer na vida; planejará para onde quer ir e como espera chegar lá…

Pra começar, não ponha qualquer limite no que é possível… Metas limitadas criam vidas limitadas. Portanto, ao determinar suas metas vá o mais longe que quiser. Você precisa decidir o que quer, porque essa é a única maneira possível de consegui-lo. Siga alguns passos para formular seus objetivos:

– exprima seu desejo em termos positivos; diga o que deseja que aconteça;

– seja o mais específico possível; use todos os sentidos para descrever os resultados que quer;

– esteja no controle; seu objetivo deve ser iniciado e mantido por você; não deve depender de mudanças de outras pessoas para que você seja feliz.

Todos nós temos algumas idéias das coisas que queremos. Mas, algumas são vagas – mais amor, mais dinheiro, mais tempo para aproveitar a vida. No entanto, para dar força ao nosso biocomputador para que crie um resultado, é preciso tornar nossos sonhos mais específicos…

Lembre-se: o cérebro precisa de sinais nítidos e diretos do que quer realizar. Sua mente tem o poder de lhe dar tudo o que queira, mas só pode fazê-lo se estiver recebendo sinais nítidos, brilhantes, intensos e focados.

(por Anthony Robbins, do livro “Poder sem limites”)

Carpe Diem

Tudo Passa

(enviado por Cida Espurdari)

Certo dia um sacerdote percebeu a seguinte frase em um pergaminho pendurado aos pés da cama de seu mestre:

“Isso também passa”.

Com a curiosidade de cada ser humano resolveu perguntar:
– “Mestre, o que significa essa frase?”

E o mestre sem titubear lhe responde: A vida nos prega muitas peças, que podem ser boas ou não.
Mas tudo significa aprendizado.
Recebi esta mensagem de um anjo protetor num desses momentos de dor onde quase perdi a fé.
Ela é para que todos os dias antes de me levantar e de me deitar possa ler e refletir, para que quando tiver um problema, antes de me lamentar eu possa me lembrar que
“isso também passa”,
E para quando estiver exaltado de alegria, que tenha moderação e possa encontrar o equilíbrio, pois
“isso também passa”.

Tudo na vida é passageiro assim como a própria vida, tanto as tristezas como também as alegrias. Praticar a paciência e perseverar no bem e nas boas ações ter simplicidade, fé e pensamentos positivos mesmo perante as mais difíceis situações é saber viver e fazer da nossa vida um constante aprendizado.

É ter a consciência de que todas as pessoas erram, de que o ser humano ainda é um ser imperfeito em busca da perfeição e por isso até saber que se muitas vezes nos decepcionamos com pessoas é porque esperamos mais do que elas estão preparadas para dar, dentro de seu contexto e grau de compreensão.

Deste modo, meu amigo, toda vez que olho para essa frase, meu coração se aquieta e a paz me invade, pois sei que “isso também passa”.

Carpe Diem

Como se recuperar do fracasso

 Como se recuperar do fracasso

Não engane a si mesmo pois perderá essa maravilhosa luta pela sobrevivência como ser humano contente. O ato de falhar não faz parte do mecanismo do fracasso.

O segredo da vida bem sucedida está em ser superior ao fracasso e em mostrar-se à altura dos bons momentos. Esquecer os erros e não ter auto-piedade. Depois, aliviado da culpa, poderá penetrar no mundo com determinação, formulando metas e fazendo ressaltar seus instintos de sucesso.

Não negue seus erros mas admita-os. Examine todos os dias as opiniões negativas que o levam para baixo: – Acha que é ignorante? É obcecado pela sensação de que é feio? – Ou se destrói com a alegação de que é fraco? Sem masculinidade? Sem feminilidade? Indigno? Etc… Pessoas são pessoas. O forte é fraco e o fraco é forte.

Certas pessoas com Q.I. de baixo para médio têm um bom senso extraordinário. Certas mulheres de beleza despretensiosa são amigas devotadas – e podem parecer belas. Certas pessoas emocionalmente instáveis são extremamente brilhantes. Reproduza um sucesso em sua mente, veja o sucesso, sinta-lhe o cheiro, agarre-o e segure este quadro de sucesso e fixe-o na mente.

Quando os pensamentos críticos contra-atacarem, afaste-os e volte com a boa auto-imagem. Todos os dias reative os instintos de sucesso até que o hábito faça parte de você. O hábito é uma forma de hipnose. Trabalhe com afinco para banir as opiniões negativas, para exterminar as sementes da solidão.

Trave uma guerra e lute para vencer os conceitos negativos para viver com alegria, sorrir, cantar e para mover-se em direção a um modo de vida mais importante.

ACREDITE EM SI MESMO!

Carpe Diem

Honra também se ensina

É comum, em nossos dias, ouvirmos reclamações por parte de pessoas que se sentiram desrespeitadas em seus direitos.

É o médico que marca uma hora com o paciente e o deixa esperando por longo tempo, sem dar satisfação.

É o advogado que assume uma causa e depois não lhe dá o encaminhamento necessário, deixando o cliente em situação difícil.

É o contador que se compromete perante a empresa em providenciar todos os documentos exigidos por lei e, passados alguns meses, a empresa é autuada por irregularidades que este diz desconhecer.

É o engenheiro que toma a responsabilidade de uma obra, que mais tarde começa a ruir, sem que este assuma a parte que lhe diz respeito.

É o político que promete mundos e fundos e, depois de eleito, ignora a palavra empenhada juntos aos seus eleitores.

Esses e outros tantos casos acontecem com freqüência nos dias atuais.

É natural que as pessoas envolvidas em tais situações, exponham a sua indignação junto à sociedade, e reclamem os seus direitos perante a justiça. Todavia, vale a pena refletirmos um pouco sobre a origem dessa falta de honradez por parte de alguns cidadãos.

Temos de convir que todos eles passaram pela infância e, em tese, podemos dizer que não receberam as primeiras lições de honra como deveriam.

Quando os filhos são pequenos, muitas vezes não se dá a devida atenção às suas más inclinações ou, o que é pior, incentiva-se com o próprio exemplo.

Se o filho desrespeita os horários estabelecidos, não costuma-se cobrar dele uma mudança de comportamento. Se prometem alguma coisa e não cumprem, não é falado sobre a importância da palavra de honra.

Assim, a palavra empenhada não é cumprida, e geralmente não se faz nada para que seja.

Ademais, há pais que são os próprios exemplos de desonra. Prometem e não cumprem. Dizem que vão fazer e não fazem. Falam, mas a sua palavra não tem o peso que deveria.

É importante pensar a respeito das causas antes de reclamar dos efeitos.

É imprescindível passar aos filhos lições de honradez. Ensinar aos meninos que as irmãs dos outros devem ser respeitadas tanto quando suas próprias irmãs. Que a palavra sempre deve ser honrada por aquele que a empenha.

Ensinar o respeito aos semelhantes, não os fazendo esperar horas e horas para só depois atender como que estivéssemos fazendo um grande favor.

Não há efeito sem causa. Todo efeito negativo tem uma causa igualmente negativa.

Por essa razão, antes de reclamar dos efeitos, pense se não está contribuindo com as causas, direta ou indiretamente.

(autor desconhecido)

Carpe Diem

Seja confiante

Quem gosta e confia em si mesmo, a satisfação e o sucesso são coisas naturais. Portanto, seja confiante. Quem está seguro de que tem valor, merece viver e ser feliz. O mais importante, é a forma como você vê a si mesmo.

Você tem o direito de ser vitorioso. Afinal, não está no mundo para corresponder às expectativas alheias. Sua vida pertence unicamente a você e nenhum indivíduo, ou grupo, tem o poder de determinar como você irá pensar e sentir a respeito de si mesmo.

Você tem o direito de cometer erros e essa é uma maneira de aprender. Você deve aceitar a realidade de seus problemas, mas não ser dominado por eles.

(texto de Eduardo Carmello – Supere! A arte de lidar com as adversidades – ed. Gente)

Carpe Diem

ENTUSIASME-SE COM O ENTUSIASMO

Entusiasmo é diferente de otimismo.
Otimismo significa acreditar que alguma coisa vai dar certo, até torcer para que dê certo.
Mas… muitos confundem otimismo com entusiasmo.

A pessoa entusiasmada acredita na sua capacidade de transformar as coisas, de fazer dar certo, acredita em si mesmo e nos outros.

Acredita na força que as pessoas têm de transformar o mundo e a própria realidade.
A melhor maneira de ser entusiasmado é agir entusiasticamente.
Se formos esperar ter as condições ideais primeiro, jamais nos entusiasmaremos com coisa alguma, pois nunca teremos razões para isso.

Existem pessoas que ficam esperando as condições melhorarem, a vida melhorar, para depois se entusiasmarem.

Não sabem que o entusiasmo permanente é que traz a nova visão da vida.
Você não sabe como dar os primeiros passos? É fácil!

– Domine o comodismo;
– Faça uma relação das coisas que você precisa vencer;
– Acredite que viver é constantemente começar;
– Organize as idéias na cabeça, para administrar bem o seu tempo;
– Preste atenção (no instante presente);
– Aprenda com os insucessos;
– Forme um grupo, tenha amigos, discuta seus pontos de vista;
– Procure inovar (ter visão criativa);
– Evite copiar;
– Arrisque, para conseguir algo novo;
– Seja entusiasmado com a vida, agindo entusiasticamente;
– Acredite na sua capacidade de transformar a realidade;
– Não espere saber tudo para agir. A própria ação desenvolve o saber;
– Passe do plano das lamentações para o plano da ação.
– Não espere a oportunidade chegar, vá atrás!

Os gregos diziam que a oportunidade tem cabelo só na frente e é careca atrás. Quem não pegar pela frente nunca mais pegará.
Viva!!!
Seja ousado!
Liberte seu potencial.
Acredite em você!
O mundo pertence aos ousados.

Lembre-se: não é o sucesso que traz o entusiasmo…
É o entusiasmo que traz o sucesso.

(Sonia Jordão)

Carpe Diem

Pessoas maduras

As pessoas maduras não se abalam por causa de comentários indelicados de outras pessoas. De vez em quando as pessoas dizem coisas para nos testar e fazem comentários do tipo:

“você não trabalha duro!” ou “você come demais!” ou ainda “todo mundo sabe que você casou com ele por dinheiro!”.

Às vezes, essas coisas são ditas por inveja; mas, com freqüência, são ditas para provocar uma reação. Qualquer que seja o motivo, a melhor maneira de lidar com isso é sorrir e não dizer nada, ou concordar com a pessoa.

Assim, da próxima vez que seu vizinho o vir em seu carro novo e disser: “você não trabalha quase nada e ainda assim eles lhe pagam uma fortuna!”, simplesmente sorria e responda: “não é maravilhoso”?

Você não tem de explicar nada sobre suas responsabilidades e sobre o tempo que fica “ralando” no trabalho. Não precisa justificar. Apenas sorria e deixe isso para lá.

Quando a sua cunhada observar coisas do tipo: “você está sempre tirando férias!”, concorde com ela. Diga: “sim, adoro tirar férias!”.

Se o seu primo disser: “puxa, você deve ter gasto uma nota nessa piscina!”, sorria e fale: “pode apostar que sim. É que detesto piscinas baratas!”.

Não se deixe perturbar. Você não vai ganhar nada discutindo com o seu primo, sua cunhada, seu vizinho ou com quem quer que seja… Quando encontrar com pessoas assim, concorde com elas de uma maneira gentilmente natural… Se você começar a tentar se defender… estará frito…

Em poucas palavras: somente pessoas que “pensam pequeno” fazem comentários desagradáveis; e somente pessoas que também “pensam pequeno” se ofendem. Seja alguém que “pensa grande”.

(texto de Andrew Matthews no livro “Faça amigos”)

Carpe Diem

Oração

Oração
(enviado por Valéria Barcellos)
Senhor,
Proteja as nossas dúvidas, porque a Dúvida é uma maneira de rezar.
É ela que nos faz crescer, porque nos obriga a olhar sem medo para as muitas respostas de uma mesma pergunta.
E para que isto seja possível.
Senhor,
proteja as nossas decisões, porque a Decisão é uma maneira de rezar.
Dai-nos coragem para, depois da dúvida, sermos capazes de escolher entre um caminho e outro.
Que o nosso sim seja sempre um sim, e o nosso não seja sempre um não.
Que uma vez escolhido o caminho, jamais olhemos para trás, nem deixemos que nossa alma seja corroída pelo remorso.
E para que isto seja possível.
Senhor,
proteja as nossas ações, porque a Ação é uma maneira de rezar.
Fazei com que o pão nosso de cada dia seja fruto do melhor que levamos dentro de nós mesmos.
Que possamos, através do trabalho e da Ação, compartilhar um pouco do amor que recebemos.
E para que isto seja possível.
Senhor,
proteja os nossos sonhos, porque o Sonho é uma maneira de rezar.
Fazei com que, independente de nossa idade ou circunstância, sejamos capazes de manter acesa no coração a chama sagrada da esperança e da perseverança.
E para que isto seja possível.
Senhor,
dai-nos sempre entusiasmo, porque o Entusiasmo é uma maneira de rezar.
É ele que nos liga aos Céus e à Terra, aos homens e às crianças, e nos diz que o desejo é importante e merece nosso esforço.
É ele que nos afirma que tudo é possível, desde que estejamos totalmente comprometidos com o que fazemos.
E para que isto seja possível.
Senhor,
proteja-nos, porque a Vida é a única maneira que temos para manifestar o Teu milagre.
Que a terra continue transformando a semente em trigo, que nós continuemos transformando o trigo em pão. E isto só é possível se tivermos Amor – portanto, nunca nos deixe em solidão.
Dai-nos sempre a Tua companhia, e a companhia de homens e mulheres que têm dúvidas, agem, sonham, se entusiasmam, e vivem como se cada dia fosse totalmente dedicado a lhe agradecer.

(texto que está também no CD “Rádio Ajuda” do seu Primeiro Programa)
Carpe Diem
P.S. Tenha um excelente final de semana, fique na paz…