“Uma vez que aprendemos a ler…

liberdade

“Uma vez que aprendemos a ler…
… somos livres para sempre”
(Frederick Douglass)

 
* para quem se interessar, essa frase é ainda mais forte pois foi proferida por Frederick Douglass (1818-1895) um escravo que depois de uma fuga bem sucedida se tornou um dos mais eminentes Afro-Americanos do seu tempo e um dos mais influentes na história dos EUA.

 
A esposa do seu dono o ensinara a ler e escrever, desconhecedora do fato de que alfabetizar escravos era proibido por lei. E desde logo Douglass revelou-se meio que um intelectual e orador. Menos de dez anos depois da fuga, ele tornou-se o primeiro negro a exercer um cargo no governo americano. Foi dele, inclusive, a ideia da Proclamação de Emancipação dos escravos em todos os estados dos EUA, feita finalmente por A. Lincoln em 1862, em plena guerra civil.

 
Douglass conseguiu convencer o presidente que emancipar todos os escravos auxiliaria nos esforços de guerra total dos estados do norte, uma vez que teria como consequência provável a explosão de rebeliões nos estados sulistas. E foi o que de fato aconteceu. Pouco tempo depois, a guerra terminava com a vitória absoluta dos estados do Norte e o fim total da escravidão dos negros.

 
Frederick Douglas descreve assim seus primeiros dias como um homem livre:

 

“Se a vida é mais do que respirar e do ‘rápido giro do sangue’, eu vivi mais em um dia do que em um ano de escravidão. Foi um tempo alegre e excitante, que as palavras podem apenas modestamente descrever. Em uma carta a um amigo, pouco depois de chegar a Nova Iorque, eu disse ‘Eu me sinto como se tivesse escapado de uma toca de leões famintos’. Angústia e dor, assim como escuridão e chuva, podem ser descritos; mas alegria e júbilo, como o arco-íris, desafiam a pena ou o lápis

 
Não é uma linda história? Essa é para quem não acredita que a leitura tem o poder de mudar a vida das pessoas.

 

“Eu amo leitura” – Facebook.

 
Carpe Diem
Enviado por Waldemir

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *