Desprender-se.

277647c56a60fb7987846b263eca4529

As pessoas precisam entender que ninguém está jogando com cartas marcadas, às vezes ganhamos e às vezes perdemos.

 

Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.
Encerrando ciclos.

 

Não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

 

 

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.

 

DEIXE DE SER QUEM ERA, E SE TRANSFORME EM QUEM É”

 

(O Zahir – Paulo Coelho)

Carpe Diem
Enviado por Waldemir

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *